Bem-estar & Saúde > Destaque > Notícias

Valorizando a vida e o bem estar do ser humano

19 de dezembro de 2013

gae01O doutor Gaetano Azzolina é uma referência em cirurgia. Formado em medicina em 1955, fez 10 anos de especialização em cirurgia geral, torácica e cardiovascular nos Estados Unidos. Exerce a profissão na Itália desde 1965, onde comandou as cirurgias cardiotorácicas do Hospital de Massa (1970 – 1990), foi membro do Parlamento e é membro sênior da Sociedade de Cirurgia Torácica, nos Estados Unidos. Aos 78 anos de idade, é responsável por 70 publicações científicas, contribuindo sobremaneira com a evolução da Medicina mundial. Atende pacientes com deficiências ou má formações cardíacas (congênitas e adquiridas), doenças gástricas, do tórax, pulmões, esôfago e vasculares, executa cirurgias delicadas, em pacientes de risco e da terceira idade, em hospital e clínicas de última geração.

Em visita ao Complexo Turístico Praia de Guaratiba, fez uma pequena pausa em suas atividades com a família para falar conosco.

 

1 – É sua primeira visita ao Brasil?

É a primeira vez, em outras ocasiões só passei para ir às outras localidades da América do Sul. Hoje estou aqui pra conhecer realmente o Brasil.

2 – O senhor esteve conhecendo hospitais e clínicas da região, principalmente em Teixeira de Freitas. Existe algum projeto de investir no Extremo Sul baiano?

Eu sempre fui pioneiro em muitas coisas. Sou também pesquisador e cientista na área da biologia. O Brasil é uma terra que permite o desenvolvimento neste segmento, então tenho o interesse e estou aqui justamente por isso.

3 – Como vê o desenvolvimento das técnicas médicas no Brasil?

Considerando que o Brasil é um país realmente muito grande, muito maior que a Europa, encontramos aqui médicos que tiveram a oportunidade de se formar ou especializar nos Estados Unidos, como eu. Existem áreas da medicina realmente bem desenvolvidas, assim como temos muitos outros setores que precisam ser desenvolvidos um pouquinho melhor.

4 – Sua experiência na medicina é de quase 60 anos. Considera que as pessoas se preocupam mais com a saúde atualmente?

Essa é um das minhas motivações para visitar os países menos desenvolvidos. Considero que a grande tecnologia está afastando o ser humano do verdadeiro relacionamento humano com o próprio médico. Acredito que teria que dar um passo atrás para que o médico possa ser mais próximo de seu paciente. Gostaria de enfatizar que temos que retroceder um passo para poder oferecer a grande medicina nos lugares mais carentes.

5 – O senhor já publicou 3 ensaios e 70 textos científicos. Existe previsão para mais um lançamento?

Tenho efetuado pesquisas sobre o coração artificial, que oferece oportunidade a muitos cardiopatas de efetuar um transplante sem esperar que outro ser humano tenha que morrer por isso. Sem dúvida ainda tenho muito a publicar falando desse sonho.

gae02

[bannergarden id="1"]
[bannergarden id="2"]
[bannergarden id="3"]
Edição Digital

Autoconhecimento

Direção Executiva
Lucinha Longo - 73 9979.5050

 

Direção Administrativa
Antônio Silva 73 9983.8175

Rua Frei Benjamim, 151 - Recanto do Lago - CEP: 45996-016 - Teixeira de Freitas - Bahia - Email: revistaorigem@yahoo.com.br - Tel.: 73 3291.9805